quinta-feira, 26 de março de 2009

Sinto - Suzette Rizzo

Sinto
Suzette Rizzo

Sinto
não estou só de modo algum.
Algo me afasta os receios,
aclara os meios,
enxuga cada lágrima,
sereniza-me o peito.
Sinto
mãos misteriosas
segurando meus ombros,
apoiando minha cabeça,
espalhando pela casa
incenso de rosas.
Sinto
que sou reconhecida
que Ele sabe desta vida,
do meu jeito, das minhas desesperanças,
de como importam lembranças.
Sinto
a cercar-me algo desconhecido,
um forte e real amigo,
que me diz entre carinhos.
"Fica em paz, estas comigo".

Um comentário:

ZEERNESTO disse...

aravilhoso amiga . parabens pela sua linda poesia, e seu trabalho. Belíssimo