sábado, 29 de agosto de 2009

Fotografia - Vilgarte Larsen

Chegas e me olhas...

Olhas e me despes, me aqueces
Me fazes sentir mulher, desejada...

Sinto teu olhar invadindo meu corpo, minh'alma,
como se cada milímetro do meu corpo, fosse teu.

Teus olhos fazem do meu corpo tua morada.
Derrubas minhas defesas, minhas barreiras,
Apenas com um olhar...

Olhar de homem, que reconhece a mulher...

E me entrego por inteira.
Sou tua...
Sem medo, sem pudor.
Só desejo, apenas vontades...

Ah ! Devaneio, fantasia...
Era apenas uma fotografia...

Dame la mano - Gabriela Mistral

Clique na imagem para ler a poesia

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

O que eu mais gosto em ti - Simone B. Pinheiro

O que eu mais gosto em ti
Não é esse teu sorriso largo e amigo
Não é a tua sinceridade escandalosa
Nem tão pouco teus versos cantados em prosa.

O que eu mais gosto em ti
Não é a alegria estampada em teu rosto
Não é a inocência de teu coração
Pensas que é a inteligência? Não é não!...

Esse teu jeitinho meigo
Meio menina, meio mulher
Traduz a garota marota
Que cedo sabe o que quer

Mas o que mais gosto em ti
Não é a tua meiguice, nem a guerreira mulher
Se você quiser saber
O que eu mais gosto em ti
Fique atenta, vou dizer
Sem rodeios, vais saber

O que eu mais gosto em ti
É esse teu lindo blusão azul!...

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

domingo, 16 de agosto de 2009

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Saudade - Sylvia Cohin

Hoje havia uma saudade
fazendo pouco de mim
Daquelas que o peito invade
numa ousadia sem fim...

Me atiçava e se escondia
entre as bordas da memória
Vendo-me aflita, sorria,
com seu ar de grande glória!

Oh tirana, és impiedosa,
trituras meu coração,
Por quê insistes, tão teimosa,
em tanta perseguição?

Quero ao menos respirar
na ilusão de que partiste
E já não pairas no ar
com meus ais na mão em riste!

Prometo que te conservo
porque sei que ninguém há-de
Escapar de ser teu servo
pois quem ama, tem saudade!

Na verdade eu te confesso,
não posso viver sem ti...
Porque na saudade eu meço,
todo amor que já vivi...


Sylvia Cohin
Brasil, 09.08.2009